Notícias
Aqui você pode listar notícias e atualidades.
 Localizar   
Compartilhe
Tamanho da fonte



Consulado do Líbano em São Paulo publica carta de repúdio
3/7/2014
Em resposta à matéria exibida pela Rede Globo no dia 29/06, o Cônsul do Líbano em São Paulo, Kabalan Frangieh, publicou uma nota de repúdio. Leia aqui.

O Consulado Geral do Líbano em São Paulo repudia de forma veemente a reportagem da Rede Globo apresentada neste domingo dia 29/06/2014 abordando a situação das mulheres no Oriente Médio, em específico no Líbano. A reportagem demonstra desconhecimento da situação da mulher na sociedade libanesa descrevendo-a como uma propriedade do homem sujeita a todo tipo de mau-trato e abusos. A reportagem, além de atribuir a responsabilidade da violência à Religião, coloca os homens libaneses num patamar de ignorância, de crueldade e de impunidade. Aquilo que é exceção e condenável em qualquer sociedade transformou-se, durante a apresentação da reportagem, numa verdade absoluta e generalizada.

Tanto os Sagrados Corão e Evangelho que norteiam a Sociedade libanesa islâmica e cristã condenam de forma veemente a violência contra a Mulher, e qualquer atitude de agressão sexual, estupro ou violência doméstica é condenada e punida pelo Código Civil do Líbano que recebe todo aval das instâncias religiosas que zelam pela Família e pelos direitos da Mulher. Os casos de violência doméstica existem como em qualquer sociedade ocidental e são plenamente denunciados na mídia e sujeitos à condenação pela Justiça (como a Lei da Penha no Brasil). Há séculos, as mulheres são alicerces das famílias libanesas, recebem os mesmos direitos de saúde, educação e direito ao trabalho. Participam das lutas sociais, dos fóruns de debates e compartilham com os homens a nobre responsabilidade da pedagogia. Há anos, as mulheres libanesas atuam no jornalismo, no cinema, no teatro, na literatura, nos esportes, na diplomacia e nos círculos políticos porém, em momento algum a mulher tornou-se propriedade e objeto de trato do homem ou da Sociedade.

Preocupa-nos muito a divulgação de tal reportagem sob um formato apelativo, sensacionalista e distante dos preceitos do profissionalismo jornalístico. Lamentamos, por fim, que essa reportagem seja uma equivocada análise de fatos e não uma ignorância da realidade da sociedade libanesa.

Kabalan Frangieh

Cônsul Geral do Líbano em São Paulo



voltar


Política de privacidade. ©2014. Criação FamilySites.com.br